Serra de Montejunto e Alenquer-Educação Ambiental I e II

Visita à Serra de Montejunto e Alenquer

No dia 5 de junho 2019  (Dia Mundial do Ambiente), as turmas  de Educação Ambiental I e II, da Professora Mariana Mareco, fizeram uma visita de estudo à Serra de Montejunto e Alenquer.
Para começar paramos na Abrigada, onde fomos ao Instituto da Sãozinha – a “Flor da Abrigada” - esta menina é considerada Santa, por muitos que dizem ter sido alvo dos seus milagres. Era uma jovem que sempre teve uma vida exemplar, pensava sempre nos outros convivia com as crianças pobres e ajudava todos os que precisassem. Após a sua morte aos 17 anos, os pais quiseram cumprir a vontade da filha, e assim, ainda hoje existe um Centro de Dia e uma Creche para as crianças no jardim da casa. Na residência visitámos os quartos da Sãozinha,  dos pais e a Capela.
De seguida, partimos para a Serra de Montejunto, começando por visitar o Centro de Interpretação, onde nos falaram sobre a geologia da serra, as suas grutas, a fauna e a flora.
Depois encaminhamo-nos para a Real Fábrica do Gelo, que em 1997 foi classificada como Monumento Nacional. Esta Fábrica foi construída em 1741, para satisfazer a Corte e os Nobres que tinham adquirido o gosto por gelados e bebidas geladas.
É impressionante saber, como o gelo obtido naqueles tanques e armazenado durante o inverno em poços e silos, depois de embalado em palha e serapilheira, era transportado em burros até à aldeia, daí passava para carroças que o levavam até ao rio Tejo e aí passava para barcos que o levavam para Lisboa. Esta viagem durava 12 horas.
Após esta interessante visita, subimos até ao cume da Serra de Montejunto admirando a paisagem deslumbrante e podemos ver a Capela de Nossa Senhora das Neves e as ruínas do Convento Dominicano.
Depois  do almoço, dirigimo-nos a Alenquer onde visitámos a Casa Museu João Mário , onde podemos admirar os belíssimos trabalhos deste pintor.
João Mário é um pintor altamente conceituado, tendo toda sua vida dedicada a pintar diversas cidades da Europa, utilizando o óleo e espátula sobre tela.
Neste Museu além das centenas de obras de João Mário, existem muitas outras de variadíssimos pintores conceituados. Os novos artistas também estão representados, em exposições temporárias.
Para terminar fomos ao Museu Damião de Góis, que se situa na Igreja de Santa Maria da Várzea, junto da muralha do Castelo confinando também com a Judiaria.
A igreja de Santa Maria da Várzea é dedicada  à figura do Humanista Damião de Góis e à importância da comunidade judaica em Alenquer, fazendo homenagem às vitimas da Inquisição.
E assim terminou a nossa visita, de onde viemos mais ricos em conhecimento, o que agradecemos à nossa Professora Mariana Mareco.

 

Texto e Fotos de Teresa Fuschini

Visita Estudo Educação Ambiental I e II "Serra de Montejunto e Alenquer" by Slidely Slideshow

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *